quarta-feira, 23 de junho de 2010

S01E01 - Sobre minha paixão por séries

por Michael Oliveira do Blog NaTV


Não sei bem quando foi que aconteceu, parece que do dia pra noite eu cansei das novelas e das minisséries de época peguei o meu controle remoto e descobri no maravilhoso mundo da tv por assinatura uma coisinha chamada Dawson's Creek. Não, não foi assim. Alguns anos antes a Globo colocou algum programa idiota no lugar de Seaquest DSV nas tardes de sábado e eu acabei migrando para o Universal Channel para assistir o fim dessa excelente série de ficção científica onde acabei viciado. Ou não. Acho que a minha paixão por séries na verdade começou bem antes que eu me desse conta ou sequer soubesse o que era uma série. Tenho uma vaga lembrança do começo dos anos 90, tinha por volta de 6 ou 7 anos e todas as manhãs ficava grudado na televisão assistindo aos episódios de Punky, A Levada da Breca. Mesmo não sabendo até hoje o que é uma levada da breca sempre me diverti muito.



Vídeo com a abertura nacional de Punky: 




O meu vicio consciente em séries já é bem mais fácil de contar. Foi em 2004. Havia me tornado usuário da internet há pouco tempo e ficava maravilhado a cada nova descoberta. Em um dos meus momentos de ócio me deparei com um texto falando de um novo programa que estava para estrear na tv brasileira sobre um grupo de pessoas tentando sobreviver em uma ilha deserta após um acidente de avião. Então no dia 07 de março de 2005 estava sendo na frente da televisão com minha mãe do lado aguardando ansioso pela estréia de LOST. Uma hora depois estava sentado na frente do computador. Uma semana depois já havia visto todos os episódios exibidos nos Estados Unidos e aguardava impaciente para fazer o download do próximo episódio.

Depois disso foi só alegria, posso dizer que nesses cinco anos assisti a mais de 50 séries e, de acordo com meu perfil do Orangotag quase seis mil episódios. Se isso não faz de alguém um completo desocupado e apaixonado por séries eu não sei o que faz. Nesse momento, você carissímo leitor, pode estar me julgando ou se perguntando pra que tudo isso e para não te deixar no vácuo, eu respondo. Meu nome é Michael, sou estudante de Cinema, tenho 25 anos e além de ser uma paixão, minha experiência com séries me ajudou a apurar meu senso crítico, a escrever melhor, a fotografar melhor. Graças a esse vício conheci pessoas maravilhosas e consegui decidir o que realmente quero fazer para o resto da minha vida. Não, eu não quero passar o resto da vida na frente do computador fazendo download de séries. Eu quero produzir, quero contar as minhas histórias semana após semana, histórias com cara de Brasil, com a cara de Santos para tantos outros viciados assistirem e comentarem no futuro. Sonho impossível? Quem sabe, mas estou me esforçando para transforma-lo em realidade.

Vídeo com medley de abertura de séries:

3 comentários:

Camila disse...

Parabéns pelo texto e eu, como você, também não sei precisar exatamente quando o meu vício em séries começou. Eu só sei que Punky foi uma das primeiras que consigo me lembrar, senão a primeira. Não via essa abertura desde criança e foi impressionante que quando começou, eu quase lembrei da letra! Novamente, meus parabéns e torço para que você consiga realizar teu sonho de contar e produzir histórias.

Felipe disse...

Mike Parabéns, adorei o texto. Também sou um pouco viciado em séries. Primeiro eu vi cavaleiro dos zodiaco (mais nunca tinha conseguido terminar mais eu to terminando, agora depois de grande), depois fui passar uma temporada na casa do meu tio que tinha todas as temporadas do friends, a feiticeira, the Nani, Gene é um jenio, e Sex and the city, assisti a todas. Baixar para mim começou a pouco tempo com Glee. Agora to ancioso pela proxima temporada. O maior problema é essa espera.
Um abraço.

Teste NeoTriad disse...

Adoro series, acho fantástico as tramas, personagens e gosto de todos os tipos. Adoro serie policial, ação, desenhos, drama, adolescente mas principalmente comédia, como adoro series de comédia. Friends é um marco na minha vida. Adorei o post, mas tenho apenas uma reclamação. Teria como tirar o post inteiro do negrito e diminuir um pouco a fonte? esta super agressivo, mal consegui ler tudo de tanto incomodo que senti, isso vale pro resto do blog tb.
Olha um PS muito grande fiquei 10 min pra conseguir comentar. essa nem é a minha conta do google mas é assim que esta aparecendo. Esse blog ta bizaro.

Postar um comentário